Home>>Biografia Resumida>>Biografia de Fernando Pessoa resumida
Biografia Resumida

Biografia de Fernando Pessoa resumida

Resumo da biografia de Fernando Pessoa:  Foi um dos maiores poetas e filósofos de toda história, autor de várias obras importantes. Pessoa é o mais universal poeta português. As principais curiosidades sobre Fernando Pessoa, você confere agora:

Tudo sobre Fernando Pessoa

Quem foi Fernando Pessoa: Conhecido por ter desenvolvidos suas belíssimas obras, além de Pessoa ter sido filósofo e poeta, ganhou destaque também de um dos melhores tradutores, crítico literário e publicitário.

Nome completo de Fernando Pessoa – Fernando António Nogueira Pessoa. Porém, era conhecido popularmente como Fernando Pessoa.

Fernando Pessoa – Local de nascimento:  Nasceu em Lisboa. A data de nascimento de Fernando Pessoa é – 13 de Junho de 1888. O horário em que nasceu Pessoa, às 15:h20. O mês em que foi batizado, Junho.

Nomes dos pais de Fernando Pessoa: Pai, Joaquim de Seabra Pessoa. Sua mãe se chamava – D. Maria Magdalena Pinheiro Nogueira Pessoa. Porém, o nome da avó de Fernando Pessoa, era – Dionísia.

Nomes dos irmãos de Fernando Pessoa

Quantos irmãos Fernando Pessoa teve: ele teve 6 irmãos, o primeiro foi Jorge, que nasceu em janeiro de 1893, filho dos mesmos pais de Pessoa. Depois da morte de seu pai, a mãe do poeta se casa pela segunda vez. O nome do Padrasto de Fernando Pessoa era João Miguel Rosa, com sua mãe, teve 5 filhos, de nomes – Henriqueta Madalena, que nasceu em 27 de novembro; Madalena Henriqueta, que nasceu em 22 de outubro de 1898; Luís Miguel, que nasceu em janeiro de 1900; João Maria, que também nasceu em janeiro, mas no ano de 1902; e Maria Clara, nascida em agosto de 1904.

Qual a profissão de Fernando Pessoa: Ele foi poeta, filósofo, tradutor, publicitário, astrólogo, inventor, dramaturgo, ensaísta, empresário, correspondente comercial, comentarista político português e crítico literário.

Qual foi a primeira obra de Fernando Pessoa: um verso curto com a infantil epígrafe de “À Minha Querida Mamã”. Foi em  Julho de 1895, que Fernando escreveu o seu primeiro poema.

Em que ano Fernando Pessoa começou a escrever os seus primeiros Poemas: Em 1901, o poeta escreveu seus primeiros poemas em inglês.

Fernando pessoa – Faculdade: Em 1906, matricula-se no Curso Superior de Letras “atual Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa”.

Fernando Pessoa – Colégio: Ele estudou em colégio de freiras e na Durban High School.

Fernando Pessoa – Universidade:  Frequentou a Universidade de Capetown – Cabo da Boa Esperança.

Principais obras de Fernando Pessoa: Suas obras mais conhecidas, foram os heterónimos (Álvaro de Campos, Ricardo Reis e Alberto Caeiro). Nomes dos poemas – “O Guardador de Rebanhos”,  “o Livro do Desassossego”.

Nome de amigo de Fernando Pessoa: Mário de Sá-Carneiro.

Nome da namorada de Fernando Pessoa: Sua única namorada conhecida foi – Ofélia Queiroz.

Nome da empresa de Fernando Pessoa: Em 1921, o poeta funda a editora Olisipo, onde publica poemas em inglês. Contudo, em 1924, aparece a revista “Atena”, dirigida por Fernando Pessoa e Ruy Vaz.

Fernando Pessoa e seus heterônimos 

Quantos heterônimos Fernando Pessoa criou: 1 – O poeta criou 4 heterônimos, o primeiro deles foi Alberto Caeiro nasceu em Lisboa, nascido em 16 de abril de 1889. Viveu quase toda a vida no campo, era órfão de pai e mãe. Um de seus poemas é – “O Guardador de Rebanhos”. A data em que Alberto Caeiro morreu, foi  1915, causa da morte – tuberculoso.

2 – O segundo heterônimo, foi Ricardo Reis,  nasceu no dia 19 de setembro de 1887, na cidade do Porto, Portugal. Ele foi considerado um dos grandes e profundo admirador da cultura clássica, tendo estudado grego, latim e mitologia.

3 – Álvaro de Campos,  nasceu em 15 de outubro de 1890, no extremo sul de Portugal, em Tavira. Estudou Engenharia Naval, na Escócia. Alguns poemas de Álvaro de Campos – “Ode Triunfal”, “Ode Marítima” e “Tabacaria”.

4 – Na obra de Fernando pessoa, um quarto heterônimo de grande destaque, foi Bernardo Soares. No século XX, apresentou sua importante obra – O Livro “Desassossego”, de sua própria autoria.

História de vida de Fernando Pessoa

Fernando Pessoa – Resumo
Nome: Fernando António Nogueira Pessoa.
Nascimento13 de junho de 1888.
Cidade: Lisboa – Portugal.
Morte: 30/11/1935 – aos 47 anos.

Lisboa, Portugal, principal terra natal de Fernando Pessoa, a qual ele nasceu no dia 13 de junho de 1888, às 15h20. Sua mãe – Maria Madalena Pinheiro Nogueira Pessoa, te deu à luz no quarto andar direito do n.º 4 do Largo de São Carlos, em frente à ópera de Lisboa – “Teatro de São Carlos”.

O poeta não teve uma infância muito fácil, com 5 anos de idade ele perdeu o pai. Tempos depois, sua mãe se casa com João Miguel Rosa, que era comandante militar, o mesmo foi nomeado cônsul de Portugal em Durban, na África do Sul.

Após esses acontecimentos, Fernando Pessoa partem junto com a sua mãe e o seu tio “Manuel Gualdino da Cunha”, para Madeira, no dia 20 de Janeiro de 1896, porém, no dia 31, eles embarcam para Durban. Pessoa, faz a sua instrução primária na escola de freiras irlandesas da – “West Street”, a qual ele faz a primeira comunhão, e percorre em dois anos o equivalente a quatro. Contudo, em 1899 ingressa no Liceu de Durban, onde permanecerá durante três anos. Ainda no mesmo ano, o poeta cria o pseudónimo Alexander Search, através do qual envia cartas a si mesmo. Aprovado com distinção no primeiro exame – Cape School High Examination, na data (1901), Fernando escreve em inglês seus primeiros poemas. Em 1901, provavelmente sendo ainda o mesmo ano, parte com a família para Portugal, a qual ele curte um ano de férias.

Fernando Pessoa mora com a sua a sua família em Pedrouços, Lisboa, passa a morar depois na Avenida de D. Carlos I, n.º 109, 3.º Esquerdo. Pessoa viaja com a sua família à Ilha Terceira, nos Açores, onde vive a sua família materna. Após visitar os familiares de sua mãe, o poeta vai para a Tavira, para visitar também os parentes paternos e, é nesse tempo que ele compõe – “Quando ela passa”, um de seus lindos poemas.

Os primeiros textos e estudos de Pessoa, foram em inglês, sem dúvida, o inglês teve muita importância na vida dele, porém, mais tarde, o mesmo se torna correspondente comercial em Lisboa, além de o utilizar em alguns dos seus textos e traduzir trabalhos de poetas ingleses, como “O Corvo” e “Annabel Lee” de Edgar Allan Poe.

Após ter vivido em Lisboa com a sua mãe, padrasto e irmãos, Fernando retorna sozinho para África no vapor Herzog. Em seguida, se matricula na Durban Commercial School. Contudo, durante o dia, estuda as disciplinas humanísticas para entrar na universidade. Ainda nessa época, o poeta começa a criar alguns contos em inglês, dos quais como o pseudónimo de David Merrick, que deixa inacabados.

Lisboa foi candidato à Universidade do Cabo da Boa Esperança, no ano de 1903, mas, não teve uma boa classíficação na prova de exame de admissão. Ainda assim, entre os 899 canditados, ele acaba tirando a melhor nota no ensaio de estilo inglês.

Depois de 1 ano, o poeta volta a estudar na Durban High School, onde frequenta o equivalente a um primeiro ano universitário. Durante este período, dedica bastante a sua cultura, estudando vários clássicos ingleses e latinos. Fernando pessoa escreve poesia e prosa em inglês, os quais são criados os heterónimos. Seus estudos na África do Sul com o Intermediate Examination in Arts, na Universidade, são concluídos, e alcança uma classificação perfeita.

Morte dos pais de Fernando Pessoa

Em que ano morreu o pai de Fernando Pessoa: Seu pai faleceu no dia 13 de Julho de 1893, aos 43 anos, vítima de tuberculose. Porém, o ano que morreu a mãe de Fernando Pessoa, foi 17 de março de 1925.

Morte de Fernando Pessoa

Quando Fernando Pessoa morreu: O poeta faleceu no dia 30 de Novembro de 1935, pelas 20h00. A causa da morte de Fernando Pessoa – foi pancreatite aguda. 2 de Dezembro, foi o funeral, Cemitério dos Prazeres.

Com quantos anos Fernando Pessoa morreu: com 47 anos de idade.

Antes da sua morte, Fernando Pessoa tinha criado a sua ultima frase “Não sei o que o amanhã trará”.

O poeta criou várias personalidades diferentes, como Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro, os seus famosos heterónimos.

Frases de Fernando pessoa

Fernando Pessoa – “Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo”?

Fernando Pessoa – “Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido”.

Fernando Pessoa – “Tudo vale a pena quando a alma não é pequena”.

Fernando Pessoa – “Tenho em mim todos os sonhos do mundo”.

Fernando Pessoa – “Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens”.

Fernando Pessoa – “A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo”.

Fernando Pessoa – “O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela”.

Fernando Pessoa – “Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o Universo não tem ideias”.

Características de Fernando Pessoa: Era um homem determinado a vencer, otimista e de ideias brilhantes. Em suas frases, marcam um pouco seus sinais, sobre – humildade, amor, simplicidade, era uma personalidade talentosíssima, de grande coragem e atitude. Seu exemplo de vida e, suas maravilhosas obras – trouxe inspiração para novos talentos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *