Biografia – Marcos Breda

Conheça a biografia do ator Marcos Breda. História, carreira, personagens e muito mais sobre o artista.

Biografia de Marcos Breda
Nome verdadeiro de Marcos Breda: Marco Antônio Dornelles Breda
Nome artístico: Marcos Breda
Onde Marcos Breda nasceu? Porto Alegre/RS
Aniversário de Marcos Breda: 14/10
Signo de Marcos Breda: Libra
Profissão: Ator

História de Marcos Breda
Marco Antônio Dornelles Breda (Marcos Breda) é um ator brasileiro. Ele nasceu em Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul, no dia 14 de outubro de 1960.

Carreira de Marcos Breda
O ator Marcos Breda começou a carreira artística na década de 1980, trabalhando com teatro e fazendo pequenas atuações em filmes realizados em Porto Alegre.
Em 1983, passou-se a fazer parte do grupo teatral Vende-se Sonhos, com o qual participou das criações coletivas Trenaflor e Das duas, uma.
Em 1985, integrou-se ao elenco do grande sucesso do teatro gaúcho Bailei na curva.
Em 1986, chamado para protagonizar ao lado de Malu Mader, o filme Feliz Ano Velho, e pelo qual recebeu o prêmio de Melhor Ator no Festival de Gramado, mudou-se para São Paulo e, em seguida, para o Rio de Janeiro. Tornou-se conhecido em todo o país com a telenovela Mandala, da TV Globo.
A partir de 2002, ele se tornou um dos sócios da Caravana Produções Associadas, responsável pela montagem dos espetáculos Arlequim, servidor de dois patrões, um clássico da commedia dell’arte, com texto de Carlo Goldoni; A maldição do Vale Negro, com texto de Caio Fernando Abreu, que faz uma divertida sátira ao melodrama; e Farsa, uma colagem de textos de Cervantes, Tchékhov, Molière e Martins Pena.
O ator ganhou o Kikito de Melhor Ator de Curta-metragem em Gramado, por Sargento Garcia, em 2000. No mesmo ano, recebu o Prêmio Prawer/APTC por seu trabalho nos filmes Sargento Garcia e Dois filmes em uma noite. Em 2003, recebeu ainda o Prêmio Qualidade Brasil como melhor ator de comédia pela peça Arlequim, servidor de dois patrões.
Em 2009, integrou o elenco da novela do horário das 19 horas, Caras & Bocas, interpretando o atrapalhado e covarde Pelópidas.
Em 2010, Marcos Breda assinou contrato com o SBT para participar de dez capítulos da novela Amor e Revolução, de Tiago Santiago.
Em 2013, ele voltou à TV Globo no seriado semanal Pé na Cova, de Miguel Falabella.
Em 2014, Marcos interpretou Alaor em Sexo e as Negas, além de viver outras personagens em teatro, cinema e tv.
O seu trabalho mais recente na televisão aconteceu em 2016, na novela Haja Coração, da Globo, cuja o seu personagem era Dr. Clécius.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *